jump to navigation

No sétimo dia 17 outubro, 2009

Posted by Alysson Amorim in Uncategorized.
trackback

“O próprio Lutero chegou um dia a achar que o mundo só podia ter surgido por uma distração (…) de Deus.” F. Nietzsche em Segunda consideração intempestiva.

I

No sétimo dia ele dormiu o sono justo. Mas o sonho não se arrasta obediente em um trilho. No sétimo dia ele sonhou, e cá estamos.

****

I. No sétimo dia

Anúncios

Comentários»

1. Janete Cardoso - 18 outubro, 2009

Ainda creio que o plano de Deus concernente ao destino da humanidade, não foi frustrado e não mudará um triz ainda que eu não me encaixe nele.

Mas a vida de cada um, é resultado de suas próprias escolhas, ou das escolhas do sistema. Fazer parte do plano global, é um passo que cabe à mim.

As escolhas relevantes, são de ordem espiritual, mas sempre terei minha carne gritando por satisfação. Ainda bem que quase nada é como eu quero, isso deixa claro pra mim, quem é o Senhor dessa relação.

Seja na brisa e refrigério,
ou no turbilhão e ferimento,
seguirei fora dos trilhos,
mas confiando no Vento!

2. Agulhas desalinhadas « Amarelo Fosco - 25 outubro, 2009

[…] I. No sétimo dia II. Agulhas desalinhadas […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: