jump to navigation

A morte não é o fim 5 abril, 2009

Posted by Alysson Amorim in Música.
Tags:
trackback

“Quando as cidades estiverem em chamas
com a queima da carne dos homens
apenas lembre-se que a morte não é o fim.”

Anúncios

Comentários»

1. Janete Cardoso - 5 abril, 2009

Death is not the end (tradução)
Nick Cave

Quando estiver triste e quando estiver solitário
E não tiver nenhum amigo
Apenas lembre-se que a morte não é o fim

E tudo aquilo que você acreditou ser sagrado
Cair por terra e não se recompor
Apenas lembre-se que a morte não é o fim
Não é o fim, não é o fim
Apenas lembre-se que a morte não é o fim

Quando estiver parado numa encruzilhada
Que você não consegue compreender
Apenas lembre-se que a morte não é o fim

E todos os seus sonhos sumiram
E você não sabe o que estar por vir adiante
Apenas lembre-se que a morte não é o fim
Não é o fim, não é o fim
Apenas lembre-se que a morte não é o fim

Quando as nuvens de tempestades
se aglomeram ao seu redor
E a chuva forte cair
Apenas lembre-se que a morte não é o fim

E não há ninguém aí para te confortar
Com uma mão amiga para ajudar
Apenas lembre-se que a morte não é o fim
Não é o fim, não é o fim
Apenas lembre-se que a morte não é o fim

Pois a árvore da vida está crescendo
Onde o espírito nunca morre
E a luz clara da salvação
No alto em céus escuros e vazios
Quando as cidades estiverem em chamas
Com a queima da carne dos homens
Apenas lembre-se que a morte não é o fim

Quando você procura em vão encontrar
Algum cidadão cumpridor de leis
Apenas lembre-se que a morte não é o fim
Não é o fim, não é o fim
Apenas lembre-se que a morte não é o fim
Não é o fim, não é o fim
Apenas lembre-se que a morte não é o fim

Musiquinha sinistra, hein! rsrsrs

2. Lou Mello - 5 abril, 2009

Estilo Jonny Cash & June Carter, na lista dos meus preferidos. Meio trash, mas cheio de arte e musicalidade.

3. Alysson Amorim - 5 abril, 2009

Lou,

Fui atingido pelo vocal gutural desse Nick Cave. Soturno e religioso, como um bom personagem de Faulkner.

dino - 27 junho, 2010

quem sabe sabe, nace sabendo, nace feito, não tem fim.

4. Bárbara - 6 abril, 2009

“Apenas lembre-se que a morte não é o fim”

Uma frase simples e objetiva que traz muita alegria para quem sabe exatamente para onde vai e, ao mesmo tempo, traz medo e angústia para quem não sabe o que está por vir na eternidade…

Também me remeteu muito à Johnny Cash.
Dele, e no mesmo estilo, vale a pena ouvir “The Wanderer”
(interpretado inclusive pelo U2 no álbum Zooropa)


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: