jump to navigation

O som não tem fronteiras 14 dezembro, 2008

Posted by Alysson Amorim in Uncategorized.
trackback

Anúncios

Comentários»

1. tuco - 15 dezembro, 2008

Lindo de arrepiar.

2. rubens osorio - 15 dezembro, 2008

Cara, vc quase não publica… mas quando faz, me emociona às lágrimas!!!
Não há dúvida, somos um só povo, no mundo inteiro, uma só humanidade: carente, perdida, mas… maravilhosa!!!

3. Felipe Fanuel - 16 dezembro, 2008

Tudo começa com uma realista mensagem:

“No matter who you are. No matter where you go in your life. At some point you gonna need somebody to stand by you.”

(Não importa quem você é. Não importa onde você vá parar em sua vida. Em algum momento você vai precisar de alguém segurar a onda pra você.)

Diante disso, só me resta afirmar ao modo tertulianiano: Credo quia absurdum (creio porque é absurdo). É absurdo acreditar. Acreditar que uma humanidade caída se sustenta por depender de si. Absurdo, absurdo, absurdo!

4. Janete Cardoso - 16 dezembro, 2008

Que harmonia perfeita!

5. Alisson - 10 janeiro, 2009

Cara, isso é de pura emoção

6. Bruno Massei Tavares - 14 janeiro, 2009

Excelente!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: